19

Agosto
/ 2021


Nynas abre novos caminhos para estradas com baixo teor de carbono

Betume modificado com polímero contendo material biogênico para reduzir a pegada de carbono das estradas
 
Em um white paper publicado recentemente, a Nynas delineou os benefícios e os cálculos da pegada de carbono para uma série de aglutinantes que incorporam material biogênico. A nova linha de produtos, que contribuirá para reduzir a pegada de carbono de estradas, será lançada durante o outono de 2021 no hemisfério norte.
 
Prolongar a vida útil do pavimento é uma das melhores coisas que se pode fazer para melhorar as credenciais de sustentabilidade de uma construção rodoviária; ao longo da vida da estrada, menos matéria-prima nova será usada e menos intervenções de manutenção serão necessárias, levando a menos desvios e congestionamentos. Ao todo, isso levará a uma menor pegada de carbono.
 
Uma técnica bem conhecida para alcançar uma vida útil mais longa do pavimento é usar um betume modificado com polímero (PMB). No entanto, junto com os muitos benefícios da modificação do polímero, vem uma desvantagem - o polímero aumenta significativamente a pegada de carbono do aglutinante.
 
Para compensar isso e reduzir a pegada de carbono geral, a Nynas desenvolveu um PMB contendo material biogênico. "A modificação do polímero estende a vida útil de uma estrada e, com o desenvolvimento deste produto, podemos oferecer todos os benefícios dos PMBs e muito mais, sem aumentar a pegada de carbono", disse Carl Robertus, diretor técnico e de pesquisa da Nynas Bitumen.
 
O material biogênico não apenas compensa a pegada maior devido ao polímero, mas também, por meio de uma série de estudos acadêmicos envolvendo a Nynas, traz uma série de benefícios adicionais, incluindo, entre outros, maior resistência ao envelhecimento, melhor adesão , e melhor desempenho quando reutilizado.
 
Com a nova linha de ligantes, disponível a partir de 2022 em mercados selecionados, a Nynas afirma que vai oferecer ao setor de construção de estradas uma ferramenta para reduzir o impacto climático de sua atividade.
 
Fonte: AggNet
 
Imagem: Freepik

24

Abril
/ 2019

"Projetos como esse são exemplos do que queremos para o nosso estado", diz governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ao receber o convite para a inauguração da Oryzasil Sílicas Naturais.


31

Julho
/ 2019

ABTB e Oryzasil reúnem formadores de opinião e profissionais da indústria da borracha!

ABTB e Oryzasil reúnem formadores de opinião e profissionais da indústria da borracha!





© Copyright 2019.
Todos os direitos reservados.